sexta-feira, 23 de julho de 2010

A graça da vida

A graça da vida

Ah!...O sentido da vida!
Momentos simples e, ao mesmo tempo, relevantes
Momentos tensos e, ao mesmo tempo, úteis
Momentos confusos, alegres, tristes, raivosos, tormentosos, divertidos...
Seja lá como for...
A graça, o sabor, o gosto
Está em tudo.
Está até onde minha visão alcança, até onde meu paladar experimenta,
Até onde meu coração pressente, até onde minha razão permite
Você escolhe o que quer ver
O que quer sentir
O que quer aprender
A graça da vida. Está em tudo e em todos. Sempre!
Só depende onde estou, com quem estou, como estou
Tudo faz sentido, tudo dá sentido
Só basta prestar atenção
E se não prestar, não tem importância
A vida vai te mostrar, vai te guiar

Gislaine Migliati - 15/09/2009

2 comentários:

  1. Lindo, Gi.
    Complicado e ao mesmo tempo simples.
    A vida é isso.
    :)

    ResponderExcluir
  2. Esse seu poema...

    Acho que conheço!

    Bjo amor!

    ResponderExcluir